Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Literatura e Cultura

Colégio Del Rey - 1ª Feira Literária

  • .
    Cortejo Cultural na Pres. Antonio Carlos.
     
    O Colégio Del Rey completou, em Março, 17 anos de história em Passos, ajudando a construir um futuro cada dia melhor para seus alunos. Com apoio da Prefeitura Municipal de Passos e da Editora BookStore de Juiz de Fora realizou no dia 08 de Abril, na Praça Monsenhor Messias Bragança, a sua 1ª Feira Literária Del Rey.
     
    Importantes parcerias enriqueceram a composição da Feira Literária:
    • Associação dos Escritores de Passos.
    • UNABEM com o livro de Memórias do 10º ano do projeto, dentre outras edições. 
    • Iácara Nogueira com o projeto Cedes.
    • Minas MDF com variado acervo de objetos. 
    • A Livraria Mar de Minas.
    • O Escritor Carlos Anselmo Parada.
    • A Escritora Jane Hespanhol.
     
    Dando ainda maior brilho ao ambiente cultural, a Feira Literária Del Rey contou com a presença de artistas plásticos e respectivas obras de arte:
    • Yara Oliveira
    • Ione Soares Maia 
    • Bruno Augusto Santos Oliveira 
    • Lourdinha Faria
    O principal objetivo da feira consistiu em fazer acontecer o pensamento do escritor Ziraldo: “que o livro faça parte da  cesta  básica do brasileiro”; contribuindo para a formação de uma sociedade leitora, melhor preparada e para a construção de uma nação desenvolvida.
     
    Facilitando e incentivando o acesso à leitura, a feira aconteceu das 9h às 15h, sendo iniciada com um cortejo cultural dos alunos da educação infantil fantasiados de personagens da literatura. O cortejo partiu da Praça Geraldo da Silva Maia, descendo a rua Presidente Antônio Carlos em direção à Praça Monsenhor Messias Bragança.
    .
    Alunos do 8º Ano do E.F. que apresentaram o teatro  - O Mágico Desinventor.

     

     
     
    Após o Hino Nacional e o Hino do Colégio Del Rey, a Diretora Orlanda Antônia Andrade abriu oficialmente a feira, em seguida passou a palavra ao escritor homenageado Marco Túlio Costa, que em seu discurso fez a seguinte afirmação: “Se nós formos nos orientar apenas pelas coisas reais, pelas notícias de  jornais, nós vamos achar que nada vale a pena, e vamos deixar de ter fantasia e deixar de ter a nossa utopia. Vamos dizer que nada vale a pena.” Para homenageá-lo os alunos do 8º Ano do ensino fundamental apresentaram um teatro de seu livro “O Mágico Desinventor”, reafirmando que o  mundo precisa estar ligado à cultura e à fantasia e não só às tecnologias.
    .
    Apresentação teatral.

     

     
     
    Houve também outras apresentações: os alunos da educação infantil apresentaram coreografias de músicas relacionadas à literatura, como A Linda Rosa Juvenil, dos Saltimbancos, entre outras; contação de estórias com Jane Hespanhol; os alunos de violão apresentaram a música Trem Bala da Ana Vilela; as alunas Ana Laura e Ana Clara do 9º ano declamaram lindas poesias e, para encerrar a feira literária, o aluno Emerson, juntamente com o professor Matheus, apresentaram algumas músicas populares.
     
    .
    Árvore falante.

     

     
     
    Um grande destaque na Feira Literária foi marcado pelas Árvores Falantes com livros pendurados em seus galhos e um espaço com tapetes e almofadas, onde as famílias puderam desfrutar de uma boa sombra e uma boa leitura.  Foi  um dia de muita cultura  e  lazer  proporcionados  à  comunidade  passense, tendo  atingido o objetivo proposto. Muitos foram os livros vendidos e muitos são os lares que terão uma nova história e uma nova fantasia para se deleitarem.
    Del Rey
     

     

     

     

     

     

    Del Rey, um futuro cada dia melhor.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.