Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Saúde

Quanto vale sua saúde?

  • Samantha Reis Nutricionista
    Samantha Reis
    Nutricionista

    Atualmente muito se tem falado no que devemos ou não comer, regras que determinam o que é certo ou errado, dietas padronizadas, uma bolha de informações que acabam deixando as pessoas perdidas, e no final das contas sem saber o que fazer. Tal confusão gera o desenvolvimento de transtornos alimentares, já que quem não consegue seguir tais regras, muitas vezes acaba se culpando e perdendo ainda mais o controle emocional sobre as escolhas alimentares.

    Deve-se ter muito cuidado com as dietas da moda, pois elas não respeitam a individualidade, e cada organismo tem uma necessidade diferente. Para que uma dieta tenha resultado é preciso que diversos fatores sejam levados em consideração, desde peso e idade até o objetivo final. Receitas que prometem fazer milagres impressionantes podem levar a um desequilíbrio orgânico, déficits de nutrientes e até um ganho de peso rápido após o término da dieta. O equilíbrio não está na perfeição das suas atitudes, mas sim na intenção de fazer o melhor. 
     
    Muitas vezes ao tentar fazer uma restrição muito forte nos sujeitamos a desistir no meio do caminho e isso leva a uma sensação de incapacidade e incompetência o que traz mais desmotivação e pode como consequência levar a um novo aumento de peso, o oposto do que se objetivava.
     
    Para fazer o que é certo não é preciso seguir regras, e sim ter consciência. Aprender o que é certo leva a uma mudança gradual e consistente, seguir regras restritas podem levar a um resultado rápido porém não duradouro. Regras não constroem hábitos, mas aprendizados sim.
     
    Emagrecer não é sinônimo de ter que comer menos, muitas vezes é preciso até fazer mais refeições do que o habitual, para garantir o equilíbrio de nutrientes. A diversidade e a simplicidade devem ser as principais aliadas de quem deseja perder peso com saúde. É fundamental também a prática de exercícios físicos, pois estes ajudarão a manter o corpo mais disposto e saudável.
     
    Para fugir do efeito sanfona e perder peso de uma maneira eficiente é preciso adotar um estilo de vida saudável, e isso não significa se privar de uma série de alimentos, e sim de saber fazer escolhas conscientes e adequadas. Levando em conta seus objetivos pessoais, suas necessidades nutricionais e emocionais e principalmente a maneira com que você lida com a comida.  Tenha convicção de que você pode mudar a sua vida, seus hábitos, suas escolhas.
     
    Um corpo saudável, com um peso ideal, é o resultado de um conjunto de atitudes saudáveis, e não o resultado de uma dieta que, muitas vezes, exige que a pessoa passe fome. A alimentação é um hábito individualizado que depende da vivência de cada pessoa e de seus costumes e gostos. Não devemos fazer nada que não conseguiremos manter por muito tempo. Não se prenda ao imediatismo! 
     
    A saúde está na simplicidade. Traçar metas, ter motivação, saber fazer escolhas adequadas, descobrir as reais dificuldades, procurar soluções concretas e passíveis de execução, são atitudes que irão determinar seu resultado final. É preciso mudar por dentro para conseguir mudar por fora. Ter disciplina vale mais que propostas milagrosas. Seja seu melhor. Faça o seu melhor todo dia!
     
    Viva a liberdade alimentar!
     

     

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.