Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Saúde

Atividade física: Dicas e cuidados necessários para quem deseja praticar

  • É comum as pessoas aproveitarem o início de cada ano para fazer novos planos e buscar novos hábitos. Ainda é tempo! Muitas pessoas buscam essa vida mais saudável através de exercícios físicos, seja para emagrecer, ganhar massa muscular ou melhorar a saúde. A FOCO entrevistou o professor, bacharel e licenciado em Educação Física Cláudio Augusto Dias, o Guto, que dá algumas dicas básicas para quem deseja iniciar ou retornar aos treinos.

    Cláudio Augusto Dias - Guto

     

     
    De acordo com Guto, que é graduado em Educação Física pela Unesp de Rio Claro, professor de educação física desde 1989 e personal trainer desde 2008, todos têm necessidade de se movimentar, independente da idade. “O jovem pode praticar qualquer atividade, como correr, pular corda, que são naturais da infância e da vida de qualquer pessoa. A partir dos 16, 17 anos, gradativamente, o jovem pode iniciar atividades com aumento de cargas, sempre orientado por um profissional (Bacharel em Educação Física), podendo praticar exercícios de força, como a musculação”, observa.
     
    Atividade Física

    Segundo o professor, para cada objetivo, existem estratégias diferentes de se trabalhar hipertrofia, fitness ou atividades para aprimorar a saúde, o que reforça a importância de ser acompanhado por um profissional especialista.

     “Tão importante quanto um treino bem planejado é uma alimentação adequada às suas necessidades. É necessário procurar um profissional da área de nutrição para fazer uma avaliação precisa e saber qual a alimentação ideal para sua rotina de vida e de treinos”, salienta Guto. 
     
    O professor diz que se alimenta a cada vinte minutos durante o treino, sob orientação de um nutricionista desportivo, durante, toma Maltodextrina e após o treino ingere Maltodextrina e Whey. Guto afirma que o cansaço e as dores musculares que as pessoas sentem durante os exercícios e após os treinos, acontece, na maioria das vezes, quando o treino não está ajustado ao aluno. “É necessário adequar o treino e a alimentação aos objetivos e à capacidade fisiológica de cada um.”
     
    Guto explica que as planilhas iniciais de exercícios são bastante semelhantes, porém, o personal trainer por acompanhar o aluno a cada movimento, e atento à execução e ao objetivo de cada um, consegue elaborar estratégias e alterar a planilha, ajustando cargas e repetições, otimizando o rendimento do aluno. 
     
    Para que sejam atingidos os objetivos desejados, o professor explica que é necessário obedecer ao seguinte tripé: repouso, alimentação e treino. Qualquer desses três itens, se não forem respeitados, os resultados serão prejudicados. 
     
    “Treino, alimentação e repouso bem feitos, são segredos para o sucesso. O repouso é proporcional ao esforço, sendo que para atividades leves (caminhar), o repouso pode ser de 24h, e para atividades muito intensas ou estressantes, pode chegar a 72h”, salienta. 
     
    Guto explica que não existe corpo perfeito e cada um tem suas peculiaridades, sendo possível viver bem com o que Deus nos deu e sempre procurando aprimorar e aperfeiçoar de acordo com as características e esforço de cada pessoa. “Todos somos assimétricos. Desvios posturais são comuns. Quando estes desvios causam limitações ou dores, devemos procurar ajuda de um médico. Não existindo movimento proibido nem errado, talvez o movimento praticado não seja o adequado ao aluno, situação ou objetivo,” enaltece. 
    Atividade Física

     

     
     
    Para quem sofre com dores articulares, Guto recomenda buscar, num primeiro momento, um profissional da área médica para, se for o caso, procurar posteriormente um profissional de educação física que seja registrado no Conselho Regional de Educação Física, já com o diagnóstico e prescrição, e que tenha a formação de Bacharel em Educação Física, para uma orientação correta. “É importante otimizar os resultados e minimizar os riscos, avaliando, programando, acompanhando e corrigindo os exercícios que levarão o aluno ao resultado almejado em um tempo mais curto”, finaliza. 
     
    Renato Rodrigues Delfraro

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.