Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Especial

Designer de calçados vem à Passos apresentar coleção de verão 2013

  • .

    FOCO: Na verdade o sneaker é uma criação de outro designer de calçados, mas você deu uma repaginada. Como é o sneaker e o que você fez exatamente? 

    SARAH: Inicialmente foi a francesa Isabel Marant quem lançou os sneakers. Logo após foi a vez de Marc Jacobs apresentar os seus modelos e, simultaneamente, quando a tendência ainda era embrionária no Hemisfério Norte, a Esdra lançou o Dixie, versão de sneaker da nossa marca.

    Aqui no Brasil os sneakers ficaram conhecidos como os modelos de tênis que possuem uma Anabela embutida, porém a palavra sneaker, em inglês, refere-se a qualquer tipo de tênis.

    A sacada da Esdra foi deixar o produto com a identidade da marca, bastante feminino e com apelo de moda. Nossa aposta foi utilizar materiais diferenciados, como franjas, couro de cobra, metalizados, glitter e outros. Acreditamos que essa pitada de ousadia foi o que motivou as pessoas a comprarem um produto de estilo inovador.

    FOCO: Quando você lançou esse produto?

    SARAH: O Dixie foi lançado em outubro de 2011 durante o Minas Trend Preview, e chegou as lojas para o Inverno 2012, nos meses de março-abril desse ano. Utilizamos no Dixie os mesmos materiais que integram outros modelos das nossas coleções, como camurção, napa, metalizados, cetim, tela, estampa de cobra, franjas.

    FOCO: Você imaginava que ia ser esse boom? Esse sucesso todo?

    SARAH: Sim, imaginava. Ele resolve um problema das mulheres, fazendo com que as mesmas possam usar um tênis e, ainda assim, ter o benefício do salto e se sentirem mais altas e confiantes. O Dixie tornou-se um produto fashionista, possibilitando que um calçado, que antes era característico das academias, pudesse fazer parte do dia a dia das mulheres.

    FOCO: Quem é a mulher que calça um sneaker?

    SARAH: O sneaker já se tornou uma febre, ele faz parte do dia a dia de todas as mulheres, principalmente para aquelas que querem estar em sintonia com a moda.

    FOCO: O sneaker tem um saltinho. Quantos centímetros? E por que essa medida exata?

    SARAH: O Dixie possui uma Anabela interna de 6 cm de altura. Esse salto embutido transforma a silhueta da mulher, pois além de preservar o aspecto de tênis ele favorece uma estética mais limpa e atual.

    .

    FOCO: Você sempre trabalhou com calçados? 

    SARAH: Apesar de ter pensado em cursar jornalismo – em função do meu interesse por outras culturas, lugares, moda e fotografi a – o meu dom e aptidão para o design falaram mais alto. Depois de iniciar o curso de Moda na UDES de Santa Catarina, decidi que queria trabalhar com calçados e não com roupas, e em função disso, fui para a Itália atrás de uma especialização, primeiro na Ars Sutoria, em Milão e depois na Cercal de San Mauro Pascoli. É impossível pensar em moda sem pensar na Itália. Este país sempre foi referência em calçados no mundo e, além de querer ter a melhor experiência possível, queria entender o porquê deste renome mundial, ver e compreender isto de perto. Minhas primeiras experiências na área foram na Unisa Europa, na Espanha, com Sérgio Rossi, na Itália e com o grupo também italiano Sosola. Para mim, o maior aprendizado que tive foi a convivência com pessoas extremamente apaixonadas, intensas, exigentes e obstinadas, o que me instigou a adquirir uma postura exigente e crítica em relação ao meu próprio trabalho. Aqui no Brasil, antes de lançar a Esdra, fui responsável pelo estilo de uma marca renomada durante seis anos.

    .

    FOCO: Qual o diferencial da sua marca, a Esdra? E quem é a mulher que calça seus sapatos?

    SARAH: O grande diferencial da Esdra é lançar tendências, sempre buscamos estar à frente lançando produtos de vanguarda. Fato comprovado pelo lançamento dos Dixies dos Creepers, da Phantom e agora, para o Inverno 2013, do Flatform. Além disso, os sapatos da Esdra são confeccionados com todo cuidado e atenção com os detalhes, desde a combinação de materiais até o seu conforto e qualidade. A Esdra preocupase em criar coleções que tenham produtos diferenciados para todas as mulheres, que desperte nelas o desejo de sentir-se bem e de buscar um produto diferenciado. Libertando, de certa forma as mulheres de seguirem um padrão, para que assim elas consigam expressar a sua identidade através do nosso produto.

    FOCO: A Esdra existe há quanto tempo? Por que esse nome?

    SARAH: A Esdra fará três anos em maio de 2013. O nome Esdra começou com uma brincadeira de sílabas que terminou em uma palavra com um belo signifi cado. Ela tem origem no antigo Hebraico, que quer dizer aquele que ajuda, que socorre. Porém, para nós, ela tem um signifi cado ainda mais profundo, pois foi Esdras o discípulo que libertou o povo israelita no retorno à Babilônia, e é uma forma de libertação que a Esdra quer proporcionar às mulheres, para que as mesmas se sintam livres para ousar e experimentar.

    FOCO: Há desafios neste seu ofício? E o mercado, é bom?

    SARAH: Acredito que o maior desafio de ser designer de calçados seja o fato de conseguir inovar a cada coleção. Lançando sempre produtos novos e de vanguarda. E, principalmente, conseguir agradar e conquistar a consumidora final com as nossas criações, pois é fundamental que elas consigam entender e usar o nosso produto.

    FOCO: Sarah, qual o motivo da sua visita à Passos?

    SARAH: Vim para a realização de um evento, o Momento Esdra, na loja de calçados passense Preto e Branco. Este evento é realizado dentro da loja para lançar a coleção em um ambiente descontraído, onde além de conhecer os sapatos, as clientes recebem tratamento vip. Ainda realizamos com as vendedoras um treinamento sobre as tendências da estação, sobre a construção dos calçados e também sobre a história da nossa marca, a Esdra.

    SOBRE SARAH SCHEFFEL

    Sarah Scheffel, designer e diretora criativa da marca Esdra é apaixonada por sapatos desde criança e possui em seu currículo formação nas Ars Sutoria de Milão e o Instituto Cercal de San Mauro Pascoli.

    Estagiou nas renomadas Sergio Rossi na Itália, Unisa Europa na região calçadista de Elche na Espanha e passou também pelo grupo Sosola da comuna italiana Civitanova Marche, da marca Les Tropeziennes.

    No Brasil, foi responsável pelo estilo de uma marca nacional renomada por seis anos e atualmente dirige a marca Esdra. Com base em pesquisas, dedicação e um pouco de ousadia cria suas coleções conciliando inovação, moda, informação e conforto. Um detalhe importante: é a visão de uma mulher fazendo calçado para mulheres.

    .

    SOBRE A ESDRA

    O sapato Esdra é feito com os mais atuais materiais e couros, pesquisados nas melhores feiras internacionais e desenvolvidos por curtumes brasileiros parceiros da marca. Sinônimo de personalidade, agilidade e sintonia com o mundo.

    Um dos diferenciais da marca é o cuidado com os detalhes, que pode ser percebido na proporção da forma, nas combinações de artigos e cores e na precisão do formato perfeito de seus saltos.

    Os sapatos Esdra são únicos e para garantir sempre o melhor, a marca desenvolve a cada coleção estampas e materiais personalizados. Unindo conforto, qualidade e design.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.