Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Turismo

Cosmopolita e apaixonante, Nova York tem muitas formas de ser conhecida.

  •  

    Woodbury Common Premium Outlets, ótimo centro de compras próximo a NY. Lá você encontra as marcas mais famosas do mundo com ótimos descontos.
    Woodbury Common Premium Outlets, ótimo centro de compras próximo a NY. Lá você encontra as marcas mais famosas do mundo com ótimos descontos.

     

     

     

    Nova York é um dos locais preferidos dos brasileiros para passear. A cidade é um daqueles lugares que tem a capacidade de fascinar gente de todos os cantos do mundo. Gente como Ana Carolina e Júlio, Hélène e Aluísio, Renata e David, casais passenses que desfrutaram dias incríveis nesta que é considerada grande, barulhenta, poluída e frenética, mas ao mesmo tempo colorida, dinâmica e repleta de prazeres, seja qual for o gosto da pessoa.

    Nova York age como um ímã, atraindo turistas, artistas, intelectuais, aventureiros e principalmente profissionais de qualquer categoria. Vencer em NY é vencer no mundo. Ela é a vitrine global, a “meca” dos modismos, o ícone de uma sociedade de consumo que impôs seu padrão de vida. A verdade é que nem os atentados de 2001 conseguiram tirar o brilho da cidade, que mais do que nunca, continua atraindo milhões de novos visitantes a cada ano. 

    NY não é uma cidade americana típica, mas definitivamente é uma cidade global, com gente de todo o planeta e onde se ouvem todas as línguas, conforme explica a estilista passense Ana Carolina Ávila, que ao lado do marido Júlio Picanço, da irmã Renata Ávila Merchioratto e o marido David Merchioratto e ainda dos amigos Hélène Brito Silveira e Aluísio Lemos, curtiram todas as nuances de NY. 

    “Os roteiros para conhecer a cidade são infinitos. Assim, como em qualquer lugar, o importante não é o número de dias percorridos e, sim, como você os vivencia. É uma metrópole única e tenha certeza que ao voltar, sua cabeça não será a mesma”, lembra Ana Carolina dos seis dias incríveis que passou em NY (os três casais estiveram lá do dia 21 ao dia 27 de março deste ano).

    A maior megalópole tem cinco distritos: Manhattan, Bronx, Queens, Brooklyn e Staten Island, mas quase todos os turistas concentram suas atenções em Manhattan, o núcleo central de NY. Hélène Brito explica que eles, antes de viajarem, ficaram dois meses pesquisando sobre os principais locais a serem visitados e que a estratégia deu certo. “Estudamos tudo minuciosamente, desde os valores de táxis e restaurantes, às lojas e os parques. Foi tudo muito bem programado e acredito que o roteiro agradou a todos”, fala Hélène adiantando que o 1º dia eles tiraram para fazerem compras.

    “Fomos ao Woodbury Outlet, localizada em New Jersey. O local é um shopping a céu aberto;  há 220 casas de lojas, cada uma mais linda que a outra. Optamos em fazer as compras no 1º dia justamente para depois curtir a cidade sem pressa. Mas ainda assim, não dá pra ver de tudo em NY que é gigantesca e espetacular”, recorda a decoradora. 

    No 2º dia os casais visitaram o Rockefeller Center, localizado na 5ª Avenida com a 47. Lá encontra-se uma das pistas de patinação mais famosas do mundo e lógico que eles se aventuraram no esporte, só não esperavam um incidente: ao acompanhar a esposa, Aluísio se desequilibrou e trincou o ombro. Na hora não doeu nada, conta Hélène, mas à noite no hotel tiveram que ligar até para o cunhado e perguntar qual medicamento tomar, tamanha a dor. Deste dia até o último dia em NY, Aluísio ficou enfaixado e com tala no ombro.

    Outro lugar visitado pelos casais foi a Saint Patrick’s Cathedral, situada na 5ª Avenida com a 48. Ela é a maior catedral gótica do país. Vale apreciar as fachadas de mármores brancos e negros, as portas de bronze, as 12 capelas laterais e os trabalhados vitrais; maravilhoso, como bem afirmou Renata Ávila. “Tiramos muitas fotos, só não é permitido o uso de flashes”.

    Um local bem elogiado em NY pelos casais é o Central Park: o maior e mais importante parque da cidade, situado no coração de Manhattan. Eles estiveram lá por volta das 16h para um piquenique regado a tortas de vários sabores. O local, segundo Ana Carolina é lindo, os 850 acres abrigam árvores, lagos, rochas, trilhas, fontes, zoológico e inúmeros quiosques. O parque é muito frequentado principalmente durante os dias quentes de verão, quando se transforma em cenário frequente de shows e concertos musicais. 

    De lá foram para a Apple Store, um prédio de vidro imenso onde se encontra tudo do mundo eletrônico. Atualmente a Apple possui outras cinco lojas em NY, sendo quatro em Manhattan (Midtown, Upper West Side, Chelsea e Soho) e uma em Staten Island. Também passaram, a pedido de Hélène, na famosa loja de brinquedos, a Fao Schwarz, que tem três andares, um mundo encantado à parte.

     

    Ir ao teatro: um evento imperdível

     

    Os luminosos dos teatros da Broadway despertam os cinco sentidos de quem os visita; é um tipo de excitação mágica, lembra Ana Carolina, recordando do espetáculo que escolheram assistir na ocasião: “Mamma Mia”, uma comédia hilária. Antes, todos eles haviam assistido o filme no Brasil, o que segundo Hélène, ajuda muito. “O Júlio fala inglês fluente, nós nos fazemos entender, mas ter assistido antes valeu muito a pena”, comenta Ana Carolina. 

     

    No Metropolitan Museum, um dos mais famosos museus do mundo. Van Gogh, Renoir, Picasso, Rembrandt, Monet e Bellini são alguns dos artistas que tem obras exibidas lá.
    No Metropolitan Museum, um dos mais famosos museus do mundo. Van Gogh, Renoir, Picasso, Rembrandt, Monet e Bellini são alguns dos artistas que tem obras exibidas lá.

     

    Pontos Obrigatórios

     

    Os atentados de 11 de setembro deixaram marcas fortes na cidade. Após muitas deliberações, foi decidido que nada deveria ser construído exatamente no mesmo local onde erguiam-se as duas torres. Inaugurado em 11 de setembro de 2011, o memorial em homenagem às vítimas representa conforme Ana Carolina e Hélène, o vazio deixado. Na forma de dois espelhos d’água e cascatas, o memorial tem nas pedras que fazem seu contorno o nome gravado de todas as pessoas mortas naquele fatídico atentado.

    Outro bairro visitado pelos casais foi Chinatown; esta movimentada e caótica região que parece um pedacinho da China, encravado em NY. Por ali encontra-se não somente restaurantes típicos, mercados de peixes, um templo budista mas também muitos comerciantes oferecendo uma grande variedade de produtos legitimamente falsificados na China.

    Vale ainda percorrer a Wall Street, onde fica localizada a Bolsa de Valores, os charmosíssimos e famosos bairros: Little Italy e Soho, este último, um dos mais badalados de NY, com inúmeros points e gente bonita. Outra sugestão é o Eataly, tipo de mercado fechado onde se encontram vários restaurantes. Conhecer a Estátua da Liberdade também é parada obrigatória. Mas, neste dia, estava muito frio e as águas muito revoltas, portanto os casais só a viram de longe, do Battery Park, local onde parte a balsa que leva até lá.

    A Ponte do Brooklyn, o Metropolitan Museum e o Madison Square Garden também são atrações à parte e muitos, muitos outros lugares. Quem passeia em NY tem a nítida impressão que já conhece tudo por lá. A Time Square, o Central Park e o Empire State são cenários comuns nas telas de cinema ou TV. Na região central da Broadway, onde está a famosa Time Square, fica evidente outro fenômeno nova-iorquino: a reunião das mais variadas nacionalidades em um mesmo local. 

     

    NY, NY!

     

    Prédios imensos, residências antigas, galerias descoladas, cafés charmosos, teatros gigantescos, salas de artes em subsolos, carrocinhas de pizza, mansões históricas, hotéis luxuosos, delicatessen saborosos, táxis amarelos, lojas irresistíveis, preços inacreditáveis, limusines brilhantes, letreiros luminosos e ofuscantes, museus maravilhosos e principalmente gente, muita gente à sua volta, todos com pressa, muita pressa. 

    “Estar em NY faz-nos sentir completamente novos. As luzes nos deixam inspirados. NY é um caldeirão de culturas e fazer turismo nesta cidade significa conhecer um monte de surpresas. Não é a toa que NY é conhecida como a ‘cidade que nunca dorme’ e ‘a cidade que ousou arranhar os céus’. O viajante em turismo a NY rapidamente notará como esses adjetivos são adequados à cidade”, afirmaram Ana Carolina, Hélène e Renata. 

     

     

    Graciela Nasr

    Hélène e Aluísio na Broadway. É uma das principais avenidas de NY e é muito famosa principalmente pelos teatros que exibem superproduções de musicais.
    Woodbury Common Premium Outlets, ótimo centro de compras próximo a NY. Lá você encontra as marcas mais famosas do mundo com ótimos descontos.
    Numa das mais famosas pistas de patinação de NY, localizada no Rockefeller Center.
    Da esq. para dir.: Os casais Aluísio Silveira e Hélène, Renata e David Mechioratto, Ana Carolina e Júlio Picanço na St. Patrick?s Cathedral - A igreja católica mais visitada da cidade e a maior catedral neogótica dos EUA.
    No Metropolitan Museum, um dos mais famosos museus do mundo. Van Gogh, Renoir, Picasso, Rembrandt, Monet e Bellini são alguns dos artistas que tem obras exibidas lá.
    Restaurante Carmine?s, comida deliciosa!!!
    Loja da Apple na 5th Avenida.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.