Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Esporte e Saúde

BRASIL um país preguiçoso

  • Marcelo Campos Machado
  •  

    .
    .

     

    Foi publicado neste mês na revista médica Lancet, um estudo realizado em diversos países quanto à prática de atividade física entre os adultos, e os resultados foram nada animadores. O Brasil aparece em 25º lugar entre as nações onde as pessoas menos praticam atividades físicas.

    A pesquisa revela que 49,2% dos adultos brasileiros são inativos, em Malta (que lidera a lista), 71,9% estão nesta situação. O estudo leva em consideração a falta de atividade física em cada país para medir quais são os que possuem maior proporção de sedentários. Segundo a pesquisa, estudos indicam que a atividade física regular protege contra doenças coronárias, diabetes tipo 2, alguns tipos de câncer, hipertensão, obesidade, depressão e outras doenças crônicas.

    Na Arábia Saudita, 68,8% não faz o mínimo de atividade física recomendada, 61,5% dos homens estão entre os inativos, a porcentagem é bem maior entre as mulheres, 76,2%. Na Argentina, 68,3% do total da população está no grupo de inativos, entre os homens são 65,8% e as mulheres, 70,9%. A Argentina é o único país das Américas entre os mais inativos. 

    O Reino Unido, sede das Olimpíadas, está entre os países que possuem maior porcentagem de adultos inativos, 58% dos homens e 68,6% das mulheres não fazem o mínimo de atividade física recomendada. No total de inativos é de 63,3% da população adulta.

    Em outro estudo publicado na Lancet, estimou-se que a expectativa de vida nestes países aumentaria em 1,51 ano, caso a falta de atividade física fosse eliminada. 

    Em Passos, no mês de julho, foram inauguradas duas “academias ao ar livre”  com o objetivo de fomentar a prática de atividade física, seja na fase adulta, na 3ª idade, ou qualquer outra fase, tudo gratuitamente com a presença de profissionais de educação física.

    Saia de frente à TV, pratique atividade física, vamos juntos diminuir esta porcentagem de inativos e tornar o Brasil menos preguiçoso, o seu corpo agradece. 

     

     

    por Marcelo Campos Machado

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.