Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Esporte e Saúde

A culpa é do casamento

  • Marcelo Campos Machado
  • Há uma crença popular que diz “foi só casar que engordou”. Podemos notar que a maioria dos homens engorda depois que casa, as mulheres também, mas , elas têm o seu corpo transformado após serem mães.

    Na natureza humana, o homem ao conquistar sua companheira, seu par perfeito, tem a tendência de relaxar com os seus compromissos de atividades físicas, na verdade, outras preocupações começarão a aparecer, outras prioridades surgirão com a nova vida.

    A principal mudança após o casamento é a alimentação, tudo muda, a esposa quer mostrar seus dotes culinários “se o marido não come tudo que ela fizer, a esposa não se sente valorizada, a auto estima dela abaixa e a briga inicia...”. A nova família quer fazer festa todo o final de semana e com tudo isto o corpo só adquire calorias, não há gasto energético sufi ciente, consequentemente há um aumento de gordura e, claro, começa a aparecer aquela “barriguinha” e esta alteração no organismo é que contribui para o crescimento da gordura.

    Há diversas formas de romantismo: cozinhar juntos, arrumar a casa juntos, assistir televisão um do lado do outro, por que não praticar atividade física juntos?

    Há um outro dito popular que diz “ para tudo há solução...”, se faz necessário ao homem voltar ou começar a fazer atividade física, de preferência aeróbia, para que estas novas e diferentes calorias ingeridas sejam gastas e muito bem gastas nestas atividades físicas. Por outro lado a mulher, mesmo após tornado mãe, deve retornar ou começar a se exercitar, pois para todos, a prática regular da atividade física faz bem ao corpo independente do estado civil.

     

    .

     

    Marcelo Campos Machado
    Professor de Educação Física - CREF 0527

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.