Última Edição
Jul / Ago 2019
Jul / Ago 2019

Assinatura Online

Recebe a última edição da
Foco Magazine no conforto
de seu endereço!

Confissões de Adolescentes

Você engole sapo?

  • O tempo todo acontece coisas a nossa volta. Infelizmente nem tudo sai do jeito planejado. Tem gente que não leva desaforo pra casa de jeito nenhum. A coisa mais fácil para essas pessoas é arranjar um motivo para discutir, não engolem nem girinos! Outros, no intuito de conviver de uma maneira civilizada com as pessoas, acabam engolindo alguns anfíbios. E tem ainda aqueles que engolem sapos direto, seja através das sacanagens dos colegas, das intromissões dos amigos ou alguma bronca injusta. Esse tipo de pessoa engole verdadeiros sapos-bois. E você? Engole sapo?

    “Em determinados momentos a gente tem que engolir, não tem jeito, principalmente com nossos pais. Enfrentá-los é a pior estratégia, sou prova disso pois já enfrentei diversas vezes, é muito pior. Eu engulo dezenas de sapos por dia e não me importo nem um pouco!”, fala o tranquilo Fernando, de 16 anos (nome fictício).

    “Eu engulo chatos (as), mas não para garantir a simpatia dos amigos e sim para minha tranquilidade, pois se você bater de frente com as pessoas que são chatas e intransigentes, a mesma história vai rolar dias”, opina Matheus, de 16 anos (nome fictício).

    “Tem dias que me dá a louca e discuto com as pessoas sem pensar. Sou um pouco nervosa, confesso que não sei engolir sapos, defi nitivamente essa não é a minha especialidade”, conta Larissa, de 16 anos (nome fictício).

    “Não, não engulo mesmo. Se você agir sempre corretamente, não haverá motivos para ‘engolir sapos’”, diz Franciele, de 15 anos (nome fictício).

    PS: O ideal é que, quando temos uma situação onde é inevitável engolir algum sapo, não deixemos que isso provoque grandes males ao próprio estômago. A gente tem que cultivar um saudável bom senso. Para que comprar uma briga quando sua avó está contando as mesmas velhas histórias, por mais que sejam críticas, de seu jeito de namorar? Em muitas situações dá para ter uma atitude de “paz”, como responder de forma bem-humorada, ou simplesmente distante. De um jeito ou de outro, são reações que você tem quando percebe que a situação não é de perder a cabeça. Afi nal, você sabe que, quando for necessário, é só fechar a garganta e não engolir aqueles sapos medonhos.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.