Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Turismo

Treze Tílias

  • é assim: Natureza e casas com arquitetura típica dos Alpes se misturam formando uma bela paisagem

    .

    O Estado de Santa Catarina reserva surpresas para aqueles que o escolhem como rota de turismo. Além das praias, o turista pode encontrar surpresas na região das montanhas. Treze Tílias é uma delas. Conhecida como o Tirol Brasileiro a cidade é também um pedacinho da Áustria no Brasil.

    Localizada no Meio Oeste de Santa Catarina, o município de mais de 5 mil habitantes tem clima temperado e bem defi nido. Foi fundado em 1933 pelo Ministro da Agricultura da Áustria, Andreas Thaler e mais 82 famílias, que vieram da Europa em difi culdades. Os moradores mantêm as tradições de seus fundadores.

    Desfile típico - Tradição.
    Desfile típico - Tradição.

    A chegada a Treze Tílias enche o turista de encantamento. A região montanhosa a mais de 800 metros de altitude lembra os Alpes e mostra uma paisagem diferente das convencionais do país. Florestas fechadas, colinas e jardins, somados à arquitetura austríaca, se transformam em encantamento. A relação com a Áustria é tão forte que na cidade há uma sede do Consulado, o único no interior do país.

    Entre os atrativos turísticos estão o parque Lindendorf com shows de música típica, a minicidade de madeira, o museu municipal Andréas Thaler e o Termas Internacional Vale das Tílias, parque aquático abastecido por fonte própria de águas termo-minerais. Ao longo do ano, os eventos animam a cidade como a Feira Agropecuária, a Tirolerfest, a festa da Imigração Austríaca, natal na praça, e a festa de reveillon, com queima de fogos e banda típica.

     

    Arquiterura e estilo austríaco.
    Arquiterura e estilo austríaco.

     

    Tradições

    As tradições austríacas, alemãs e italianas são bases da cultura e estão representadas nas danças folclóricas, na música e na gastronomia. Entre as culturas mantidas pelos primeiros imigrantes está a Banda dos Tiroleses, que faz interpretações de músicas austríacas, principalmente da região do Tirol; grupos de dança e corais. Na gastronomia, o turista pode se deliciar com os tradicionais pratos da culinária como chucrute, apfelstrudel, gulash entre outros. No artesanato a cidade é conhecida pelo tradicional trabalho em madeira, de pequeno e grande porte.

    Além das belezas naturais, o turista fica encantado com a acolhida e mansidão dos trezetilienses. A cidade é tão tranquila que é comum as casas não serem trancadas à noite. Os valores de cultivo a terra também são destacados. Com uma base econômica voltada para a produção leiteira e artesanato, os moradores são encantados por toda essa tradição que defendem veementemente. As festas agropecuárias têm um grande valor para a população local.

    Nos arredores da cidade, os passeios também são inesquecíveis. É possível conhecer pequenas comunidades italianas e alemãs que recebem os turistas para degustação e venda de seus produtos como queijo, salames, vinhos, doces, geleias, um belo almoço e ainda uma apresentação cultural. Tudo uma delícia. Para aqueles que têm laços de descendência italiana ou alemã essa é uma boa oportunidade para treinar a conversação. A cidade também foi conhecida por ter sido uma das bases de gravação da novela Ana Raio e Zé Trovão, em exibição novamente na TV brasileira.

    Mineiros nos alpes

    Em janeiro, um grupo de mineiros esteve em Treze Tílias após um tur pelo Sul do país. Depois de passar pelas já tradicionais cidades como Gramado, Canela, Bento Gonçalves, o grupo fez uma sessão relax em Treze Tílias e pôde se deliciar com a acolhida de seu povo, a sua gastronomia, cultura e belezas naturais.

    Parte do grupo de passenses que curtiram essa diferente cultura.
    Parte do grupo de passenses que curtiram essa diferente cultura.

    Para Marli Vilela Silva a cidade é um sonho, uma paixão. As casas sem muros, todas floridas, e a arquitetura a deixou maravilhada. “Parecia que eu estava em outro país”, afi rmou. O deslumbramento foi tanto que ela pretende voltar à cidade. A tranquilidade, a hospitalidade, o serviço dos hotéis, os passeios de trenzinho, tudo leva ao encantamento, segundo Marli. Sonia Maria, que também integrava o grupo, destaca a valorização do homem do campo pela população, a sua história retratada nos monumentos, a hospitalidade dos trezetilienses e a cultura alemã e italiana encontrada nas comunidades rurais. Esse conjunto deixa os turistas com vontade de voltar. “Para o descanso depois de um ano de trabalho, nada melhor do que Treze Tílias”, afirmou Sonia.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.