ltima Edio
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Especial

Quer fazer uma festa diferente...QUE TAL UMA FESTA TEMÁTICA?

  • Organizar e preparar uma festa temática pode ser uma experiência muito gratificante, tanto para quem oferece como para os convidados. Você que adora receber amigos e familiares para uma festa... mas está cansado de preparar sempre as mesmas coisas... aqui vai uma super dica do nosso CHEF ROBERTO AUGUSTO.

    .

     

     

    Roberto Augusto Natural de Alfenas e residente em SP,  é Chef de cozinha, professor de  gastronomia  e consultor.   Instagram: @robertoaugustoculinaria
    Roberto Augusto Natural
    de Alfenas e residente em SP, é Chef de cozinha, professor de gastronomia e consultor.
    Instagram: @robertoaugustoculinaria

     

     
    Hoje uma forte tendência é a FESTA CIGANA.
     
    Já observaram o quanto está na moda usar várias pulseiras, anéis em vários dedos e muitos colares juntos? Lenços, saias longas... na verdade, tudo isso envolve o mundo cigano. 
    Com apelo sensual, tons fortes, decoração carregada e muito, muito estilo, a moda cigana é sempre bem-vinda como tema de festa para adultos.
    Para começar a se organizar, certifique-se do espaço para o número de convidados que deseja convidar, a data mais adequada para a participação de todos, etc. Um bom começo é definir quantos e quais dos seus convidados precisam estar sentados, ou se não há necessidade de cadeiras ou assentos. 
    Defina o tipo de convite. Apesar da popularidade das mídias sociais, um evento como esse requer convite formal. Se desejar que seus convidados venham caracterizados, peça isso no convite. Mas, se perceber que uma caracterização completa não é o perfil, sugira ao menos as cores das roupas, para que a festa fique harmônica; os tons de vermelho, alaranjados, e o uso do preto são essenciais. Pense com cuidado na decoração, no uso de luzes coloridas (se for à noite), e busque harmonizar os mesmos tons quentes nas flores, toalhas, guardanapos, etc.
    Para dar um clima legal, use bastante luz de velas, além de super sensual, dá um charme em qualquer evento.
    Compre várias correntes, moedas, pingentes… tudo que se assemelhe com joias. Distribua pelas mesas, pendure nas paredes, dentro de vasos e vasilhas.
    .

    Conforme o número de convidados, pensando na praticidade e descontração, o ideal é que todo o material seja descartável e para isso, espalhe cestos de lixo por todo o ambiente. Certifique-se do som, da facilidade de banheiros e confortos normais para seus convidados. Em uma festa cigana, uma fogueira é elemento primordial, mas na impossibilidade de armar uma fogueira real, busque alternativas cenográficas, com luzes e madeiras, de maneira a criar uma ilusão de fogueira. As bebidas devem estar dispostas de maneira a cada convidado se servir, um ponche de frutas com vinho tinto é uma excelente opção de drink de boas vindas. Use e abuse de coisas fáceis e receitas de se comer com as mãos: sanduichinhos variados, canapés, tortas, etc. Opte por comidas quentes caso haja a possibilidade de serem servidas quentes. Nesse caso, um caldo rico de vegetais com carne ou frango, ou ainda costelinhas de porco assadas, asinhas de frango assadas com molho picante, espetinhos de carne, frango, linguiça ou carne de porco e até um cachorro-quente tradicional. Uma seleção de petiscos como amendoins e frutas secas temperadas podem estar dispostos estrategicamente por todo o ambiente. Quer dar um toque pessoal? Maçãs carameladas, as tradicionais “Maçãs do Amor”, são uma excelente opção, docinhos miúdos a base de chocolate e outras delicadezas podem compor de maneira elegante a mesa principal. Não se esqueça de optar por cores fortes na decoração, com uso de flores vermelhas, leques, etc.

    É muito interessante a caracterização especial de todo o pessoal que estiver trabalhando no evento, nem que seja uma bandana na cabeça, mas o elemento do vestuário é imprescindível e isso também faz parte da decoração!
     
    No mais, divirta-se muito na organização, certifique-se que seus convidados confirmam a presença, e boa festa!
     
    MAÇÃ DO AMOR calda: 500g de açúcar 250ml de água 1 colher (sopa) de vinagre branco (maçã ou álcool) 1 colher sopa de corante em pó cor vermelho Palitos para espetar as maçãs Modo de Preparo: Antes de começar, você deve lavar bem as maçãs e espetar o palito nelas, na parte do cabinho da maçã. Reserve. Em uma panela (de preferencia com o fundo grosso), coloque o açúcar, a água, o corante em pó e o vinagre. Misture delicadamente e em seguida leve ao fogo baixo. A partir de agora NÃO MEXA! para não açúcarar. Deixe no fogo por cerca de 15 a 20 minutos. A partir dos primeiros 15 minutos você deve ir testando o ponto da calda. Se você tiver um termômetro culinário, a calda estará no ponto certo quando atingir a temperatura de 145ºC. Quem não tiver termomanômetro em casa, o método de saber o ponto ideal é pega um pouquinho da calda e pingar uma gotinha em um prato liso, em seguida pegue essa bolinha e jogue no prato novamente, se ela fizer o barulhinho de vidro é porque está no ponto. Outra maneira de testar o ponto da calda é despejar uma gota da calda em uma xícara com água em temperatura ambiente. Ela vai formar uma bolinha e você deve pegar essa bolinha e jogar em um copo vazio, se fizer barulhinho de vidro porque está no ponto. Quando a calda estiver no ponto certo, retire-a do fogo e deixe esfriar por 30 segundos. Em seguida banhe as maçãs segurando-as pelo palito. DICA: Esse processo deve ser rápido pois a calda vai endurecer rapidamente. Coloque as maças sobre uma superfície lisa untada com manteiga. Deixe secar bem e em seguida embale as maçãs do amor em papel celofane.
    MAÇÃ DO AMOR 
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    Calda: 500g de açúcar 250ml de água - 1 colher (sopa) de vinagre branco (maçã ou álcool) - 1 colher sopa de corante em pó cor vermelho Palitos para espetar as maçãs
    Modo de Preparo: Antes de começar, você deve lavar bem as maçãs e espetar o palito nelas, na parte do cabinho da maçã. Reserve. Em uma panela (de preferencia com o fundo grosso), coloque o açúcar, a água, o corante em pó e o vinagre. Misture delicadamente e em seguida leve ao fogo baixo. A partir de agora NÃO MEXA! para não açúcarar. Deixe no fogo por cerca de 15 a 20 minutos.
    A partir dos primeiros 15 minutos você deve ir testando o ponto da calda. Se você tiver um termômetro culinário, a calda estará no ponto certo quando atingir a temperatura de 145ºC. Quem não tiver termomanômetro em casa, o método de saber o ponto ideal é pega um pouquinho da calda e pingar uma gotinha em um prato liso, em seguida pegue essa bolinha e jogue no prato novamente, se ela fizer o barulhinho de vidro é porque está no ponto. Outra maneira de testar o ponto da calda é despejar uma gota da calda em uma xícara com água em temperatura ambiente. Ela vai formar uma bolinha e você deve pegar essa bolinha e jogar em um copo vazio, se fizer barulhinho de vidro porque está no ponto. Quando a calda estiver no ponto certo, retire-a do fogo e deixe esfriar por 30 segundos. Em seguida banhe as maçãs segurando-as pelo palito.
    DICA: Esse processo deve ser rápido pois a calda vai endurecer rapidamente. Coloque as maças sobre uma superfície lisa untada com manteiga. Deixe secar bem e em seguida embale as maçãs do amor em papel celofane.
     
     

     

     MINI SANDUICHINHOS DE ROSBIFE E GELEIA DE PIMENTA  20 unidades de mini pães (croissant, brioche ou mini pão de cebola)  PASTA DE QUEIJO: 300 g de queijo cremoso (cream cheese ou catupiry) salsinha bem picada a gosto 3 colheres de sopa de azeitonas verdes bem picadas Misturar tudo e montar os sanduichinhos.  MONTAGEM: rosbife fatiado geleia de pimenta folhinhas de alface Abrir o pãozinho ao meio, passar o patê de queijo, fatias de rosbife, geleia de pimenta e um pedaço de folha de alface, espetar um palitinho decorativo e estará pronto.
    MINI SANDUICHINHOS DE ROSBIFE E GELEIA DE PIMENTA
    20 unidades de mini pães (croissant, brioche ou mini pão de cebola) PASTA DE QUEIJO: 300 g de queijo cremoso (cream cheese ou catupiry) salsinha bem picada a gosto 3 colheres de sopa de azeitonas verdes bem picadas Misturar tudo e montar os sanduichinhos.
    MONTAGEM: rosbife fatiado geleia de pimenta folhinhas de alface Abrir o pãozinho ao meio, passar o patê de queijo, fatias de rosbife, geleia de pimenta e um pedaço de folha de alface, espetar um palitinho decorativo e estará pronto.

     

    SANGRIA  ½ garrafa de vinho tinto (375 ml) 1 lata de água tônica ½ xícara (chá) de caldo de laranja (cerca de 1 laranja-baía) 1 maçã fuji ½ abacaxi em cubos médios congelados 4 colheres (sopa) de açúcar ¼ de xícara (chá) de Gin (opcional) Cubos de gelo (à gosto)  Modo de Preparo: Coloque o caldo de laranja em uma jarra grande e reserve. Lave, seque e mantenha a casca da maçã. Com um fatiador de legumes, corte a maçã em fatias finas, no sentido da largura (se preferir fatie fino com a faca), e transfira para a jarra com o caldo de laranja. Junte os cubos de abacaxi congelado, o açúcar e misture com cuidado para não partir as rodelas de maçã. Leve para a geladeira e deixe macerar por, no mínimo, 30 minutos ou até a hora de servir. Enquanto isso, aproveite para gelar o vinho e a água tônica.
    SANGRIA
    ½ garrafa de vinho tinto (375 ml) - 1 lata de água tônica ½ xícara (chá) de caldo de laranja (cerca de 1 laranja-baía) 1 maçã fuji ½ abacaxi em cubos médios congelados - 4 colheres (sopa) de açúcar ¼ de xícara (chá) de Gin (opcional) Cubos de gelo (à gosto)
    Modo de Preparo: Coloque o caldo de laranja em uma jarra grande e reserve. Lave, seque e mantenha a casca da maçã. Com um fatiador de legumes, corte a maçã em fatias finas, no sentido da largura (se preferir fatie fino com a faca), e transfira para a jarra com o caldo de laranja. Junte os cubos de abacaxi congelado, o açúcar e misture com cuidado para não partir as rodelas de maçã. Leve para a geladeira e deixe macerar por, no mínimo, 30 minutos ou até a hora de servir. Enquanto isso, aproveite para gelar o vinho e a água tônica.

     

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.