Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Esporte e Saúde

Dormir ou fazer exercício? Qual é o mais importante?

  • Marcelo Campos Machado
  • Ninguém gosta de ouvir o despertador tocar às seis da manhã, principalmente no horário de verão. Levantar-se da cama para ir fazer exercícios, para alguns, a culpa o obriga, fica martelando na cabeça o pensamento que devia fazer a atividade física para queimar o "empadão do jantar".

    Dormir  ou fazer  exercício? Qual é o mais importante?
    Dormir ou fazer exercício? Qual é o mais importante?

    Muitas pessoas levantam porque são pressionadas pelo personal trainer, outras pelo peso na consciência, há outras que desligam o despertador, viram-se para o lado e continuam a dormir, mas o prolongamento do descanso se faz importante ou pode também prejudicar o seu corpo?

    Dormir ocupa um terço do nosso dia, ou seja, é importante repousar sim, horas de sono de qualidade, não ao ato de ser preguiçoso, ficar deitado na cama ou sofá o dia inteiro. Mas, e a atividade física, como fica neste dilema?
     
    O esporte praticado pela manhã “não tem desculpas”, ajuda a estabelecer uma rotina de exercícios mais sólida, simplesmente porque ocorre antes dos compromissos e horários de trabalho da maioria das pessoas.
     
    Há diversos benefícios de exercitar ao amanhecer: ajuda a estimular os hormônios do bem-estar, que por sua vez, ajudam a lidar melhor com o stress do dia a dia; do ponto de vista metabólico e fisiológico, se o objetivo é manter o peso, é mais recomendado em horários distantes das refeições; ajuda a reduzir os sintomas de ansiedade e depressão; melhora muito o seu humor; melhora a alimentação; melhora a vida sexual e melhora muito o sono. 
     
    Quanto aos benefícios de ficar a dormir; estimula a liberação de endorfinas, as quais melhoram o humor; a falta de sono aumenta casos de obesidade, diabetes e ataques cardíacos; um bom sono melhora o treinamento esportivo; o sistema imunitário trabalha durante o sono (em relação ao crescimento e a reposição) e claro, a falta de horas de sono afeta a função sexual e o bem-estar.
     
    Resumo da ópera, tanto dormir como levantar-se da cama para fazer exercícios têm vantagens, o que não pode acontecer é preterir um em detrimento do outro, porque ambos estão ligados e são interdependentes, ou seja, há dias que se deve dar uma esticadinha no sono, outros dias, levantar e correr; pratique esporte, o seu corpo agradece.
     
    por Marcelo Campos Machado

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.