Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Esporte e Saúde

Passense se torna primeiro árbitro de MMA da cidade

  • Marcelo Campos Machado
  • Depois de fazer cursos oficiais de arbitragem de MMA, o desportista Júlio Mattar se credenciou a arbitrar lutas em Minas Gerais e também no país; sua estreia aconteceu em Belo Horizonte, na WOC (War Of Champions).

    Passense se torna primeiro árbitro de MMA da cidade

     

    Uma modalidade esportiva de grande evidência na atualidade, o MMA já tem um árbitro oficial em Passos: o desportista Júlio Mattar. Professor e faixa preta de judô, Mattar passou a investir na nova carreira depois de arbitrar várias lutas em Passos e região nos últimos cinco anos. Para subir os degraus que levam ao topo da modalidade que fez brasileiros campeões mundiais, como o peso médio Anderson Silva e o peso pena José Aldo, o passense fez três cursos, sendo os dois mais recentes pela Associação Mineira de Árbitros (AMA) e Associação Brasileira de Arbitragem de Luta (ABAL).

    Júlio como árbitro central de uma das dez lutas da WOC, em Belo Horizonte.
    Júlio como árbitro central de uma das dez lutas da WOC, em Belo Horizonte.

    Com esse credenciamento, Mattar já arbitrou lutas em Belo Horizonte através da WOC, um dos maiores eventos de MMA no estado. A estreia ocorreu em 15 de novembro, no Círculo Militar, em duas lutas, uma como árbitro central e outra como lateral. Depois do trabalho na capital mineira, Mattar atuou em outros eventos, sendo um deles em Campinas (SP). 

    “Como membro da AMA e da ABAL posso arbitrar qualquer luta nacional entre profissionais”, ressalta Júlio Mattar.

    Mas o árbitro passense não pretende parar por aí, segundo revela à FOCO. “Minha próxima meta, para este ano, é melhorar meu inglês, fazer um curso internacional com um árbitro ‘top’ como o Mário Yamazaki ou Osires Maia, que são árbitros de renome internacional, com contrato com o UFC”, disse, ressaltando que esse será o último degrau para chegar ao topo da arbitragem.

    O árbitro Júlio Mattar com um dos campeões da WOC, Dênis 3D.
    O árbitro Júlio Mattar com um dos campeões da WOC, Dênis 3D.

    Além de arbitrar, Júlio pensa no lado empresarial, tanto que tem planos de expandir o MMA de alto nível na região, onde, segundo ele, não falta interesse do público. “O MMA é o esporte que mais cresce no mundo, ultrapassando inclusive o futebol. O público é cada vez maior e mais exigente e isso requer maior organização dos eventos que inclui a participação de bons árbitros credenciados para a função. Isso requer um constante aprimoramento e reciclagem dos profissionais de arbitragem. Temos que estar em constante evolução”, afirmou o desportista.

    Enio Modesto

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.