Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Saúde

Seria o fim das dentaduras?

  • Dr. Ivan Piccirillo.

     

    Segundo dados levantados pelo IBGE, 75% da população idosa no Brasil possui problemas dentários, sendo a falta de dentes a mais grave delas. Para corrigir este problema, a maioria das pessoas utiliza as próteses totais removíveis, popularmente conhecidas como dentaduras. Entretanto, desde meados da década de 80, com a evolução dos enxertos ósseos e principalmente dos implantes dentários, a popular dentadura vem perdendo espaço nos consultórios odontológicos do país, e é cada vez menos utilizada a cada ano.

    Em entrevista concedida à Foco Magazine, Dr. Ivan Piccirillo, especialista em endodontia e pós-graduado em implantodontia e reabilitação oral explica sobre as próteses.

    Quais os tipos de próteses que vêm gradativamente substituindo as dentaduras convencionais?

    São aquelas próteses implanto-suportadas, sejam elas fixas ou removíveis, chamadas de protocolo fixo e overdentures, respectivamente. São tratamentos geralmente indicados para pacientes que já usam prótese total (dentadura) ou para aqueles pacientes que por qualquer razão perderam todos os dentes. São alternativas ideais para quem procura reabilitação mastigatória, elevando a estima e confiança.

    O que é Implante de Protocolo Fixo? Por que fazê-lo?

    É uma prótese total fixa instalada sobre pinos de implantes. A principal vantagem é devolver a função mastigatória ao paciente. Com o sistema comum de dentadura, o paciente tem, em média, 20% do poder de mastigação original. Já com o protocolo fixo sobre implantes esse percentual de poder de mastigação sobe para 85%. O seu principal objetivo é a reabilitação bucal em todas as suas funções: estética, fonética e mastigatória.

    Como é feito um Protocolo Fixo?

    Depois de instalar os Implantes, (pino de titânio que substitui a raiz do dente), o cirurgião-dentista irá fixar a prótese sobre os Implantes já cicatrizados. O período de cicatrização varia de paciente para paciente, e, dependendo de condições específicas, a prótese poderá ser instalada no mesmo procedimento (o que chamamos de implante com carga imediata).

    O que é uma Overdenture?

    Implante tipo Overdenture é uma prótese total de simples confecção, instalada sobre dois ou quatro pinos de titânio, dando condições adequadas de retenção e segurança na fi xação. É uma prótese removível que tem maior fixação quando comparada a uma prótese convencional (dentadura).

    Qual o risco de não se fazer este tipo de tratamento?

    Na verdade o risco não existe. Quem não faz o tratamento vai passar a vida inteira com todos aqueles aspectos negativos que a prótese total convencional apresenta. O problema de se esperar demais para fazer o tratamento, é que quanto mais tempo a pessoa passa sem os dentes, maior a perda da estrutura óssea necessária para se instalar os implantes. Quando você perde os dentes, aquele osso que existe ao redor deles vai sendo progressivamente reabsorvido pelo organismo. Por isso, em alguns casos se torna necessário uma cirurgia de enxerto ósseo antes de se instalar os implantes; o que onera o custo e o tempo de tratamento.

    É necessário que se faça manutenção?

    Sim. É recomendável a manutenção semestral, como se fosse uma dentição normal.

    Saúde Bucal

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.