Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Saúde

Ortodontia mais moderna: Tratamentos rápidos e estéticos com novas tecnologias

  • Dentes alinhados e nivelados, suportados por uma gengiva saudável influem muito na aparência do indivíduo, interferindo diretamente em sua auto-estima. Conforme a dentista, Júlia Assis Brito, o tratamento ortodôntico pode ser feito em pacientes de todas as idades, desde que sejam respeitados os limites biológicos de cada um. O bom é que há no mercado diversas opções estéticas de tratamento como: os aparelhos em porcelana, os autoligados e o Invisalign®.

    Saúde bucal
    Saúde bucal

    Os pacientes têm recorrido cada vez mais ao ortodontista. O motivo, além da estética, é que a ortodontia melhora a oclusão promovendo uma melhor distribuição das forças exercidas sobre os dentes, protegendo-os dos traumas que podem causar danos às gengivas, ossos e ligamentos. 

    Qualquer que seja o tipo de tratamento escolhido, explica a ortodontista, Dra. Júlia Assis Brito, o paciente precisa estar motivado para iniciá-lo; entender o problema e quais são os objetivos do tratamento.

    “O tratamento ortodôntico proporciona uma melhor qualidade de vida ao paciente, pois estabelece a função mastigatória adequada, aparência, saúde e auto-estima. Hoje em dia, com os investimentos que as empresas têm feito em pesquisas, temos tecnologias avançadas e consequentemente aparelhos melhores. Assim conseguimos reduzir o desconforto causado pelos aparelhos, diminuir a frequência das visitas ao consultório e oferecer tratamentos mais rápidos e eficazes”, diz a dentista.

    Um dos aparelhos mais modernos e sofisticados, que os mineiros vêm optando em usar cada vez mais, é o Invisalign®. O aparelho é um sistema revolucionário na ortodontia com sucesso absoluto nos EUA. Na sua concepção, são utilizados acetatos especiais que lhes dão resistência e transparência, de modo que os pacientes conseguem usá-los sem serem percebidos socialmente. São ditos ‘invisíveis’.

    A ortodontista, Dra. Júlia Assis Brito  “O tratamento ortodôntico pode ser feito em pacientes de todas as idades, desde que sejam respeitados os limites biológicos de cada pessoa.”
    A ortodontista, Dra. Júlia Assis Brito “O tratamento ortodôntico pode ser feito em pacientes de todas as idades, desde que sejam respeitados os limites biológicos de cada pessoa.”

    “Os aparelhos são de fácil adaptação para correção dos problemas ortodônticos. Com relação ao uso, são extremamente confortáveis. O paciente consegue usá-los inclusive em reuniões importantes onde necessita falar e se expor”, diz Dra. Júlia, acrescentando que os tratamentos iniciam-se com os alinhadores que são confeccionados nos EUA.  

    “Após criterioso estudo de cada caso, individualmente, realizado pelo profissional, os dados são enviados e o objetivo do tratamento transmitido pelo computador para a Invisalign® nos EUA, que gerará uma simulação do caso para aprovação on line. Após a aprovação do caso, os aparelhos são confeccionados e enviados à nossa clínica. O paciente pode ver o resultado final com antecedência no computador”, explica.

    Para um tratamento eficaz, Dra. Júlia orienta a troca dos alinhadores a cada duas semanas, além de retirá-los para comer, escovar os dentes e passar o fio dental. “Os dentes se movimentarão pouco a pouco e os resultados aparecerão entre 6 meses a 1 ano. A comodidade e a facilidade do uso do Invisalign®  já fizeram mais de meio milhão de pessoas a optar por ele, a maioria das pessoas nem notará que o paciente está em tratamento”, esclarece.

    Saúde Bucal

    Aparelhos estéticos de porcelana

    Outra opção de tratamento bem procurada pelos Passenses são os aparelhos estéticos de porcelana. Por imitar a cor dos dentes, os aparelhos de porcelana se apresentam bem mais discretos que os aparelhos de metal. Quando comparados com os de policarbonato, se sobressaem em relação a sua resistência, pois o de cerâmica é bastante rígido e raramente se descola ou quebra. “Outra vantagem é o fato de possuírem um menor atrito entre sua superfície e o arco ortodôntico. Estas duas situações em particular podem sim fazer a diferença no tempo total do tratamento ortodôntico. É a indicação perfeita para um tratamento discreto sem mostrar o ‘sorriso metálico’. Confortáveis, bonitos, translúcidos, é uma excelente opção de tratamento, principalmente para pacientes adultos”, orienta a ortodontista.

    Aparelhos autoligados

    Os aparelhos autoligados prometem animar quem precisa corrigir as más oclusões – os famosos problemas de mordida. O tratamento permite que os pacientes percebam os resultados já nos primeiros meses.
     
    O aparelho autoligado é composto por bráquetes que não precisam de ligaduras elásticas, as famosas borrachinhas, para manter o fio, ou arco ortodôntico, preso ao aparelho. As peças possuem dispositivos próprios, geralmente semiautomáticos, para prender o arco em seu interior. Isso diminui o atrito e permite que os dentes se movimentem mais rápido. “Justamente por conta da agilidade na movimentação dos dentes, o período de tratamento pode ser diminuído, principalmente em casos mais simples. Outra vantagem é que as manutenções podem ser feitas em intervalos maiores”, explica Dra. Júlia.
     
    As vantagens adquiridas com este método de tratamento prometem agradar principalmente aos adultos que optam pelo uso tardio do aparelho ortodôntico, seja por questões financeiras ou por questões estéticas. “Em grande parte dos casos não é necessária a extração dos dentes, procedimento muito comum em alguns casos, bastante desconfortável e demorado”, lembra a profissional.
     
    Segundo a dentista, existem sim, várias técnicas e diversos tipos de tratamentos no mercado, mas o correto é a pessoa se inteirar e buscar pelo aparelho ideal para o seu caso, sob o monitoramento de um ortodontista. “Hoje, a busca por conforto, estética e principalmente rapidez impulsionou o mercado a desenvolver tecnologias e sistemas para abreviar o período de tratamento, uma das principais queixas dos pacientes. O bom é que para cada caso há uma solução viável”, conclui Dra. Júlia. 
     
    Drª Júlia A. de Assis Brito (CRO 32844), é especialista em ortodontia pela Unicastelo (São Paulo) e pós-graduada em ortopedia funcional de maxilares pela ABO-MG (Associação Brasileira de Odontologia em Minas Gerais). Atendimento: Rua Deputado Lourenço de Andrade, 222, sala 203, Edifício Dona Lela, telefone (35) 3021-3414, Passos – MG  e-mail:[email protected]

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.