Última Edição
Jul / Ago 2019
Jul / Ago 2019

Assinatura Online

Recebe a última edição da
Foco Magazine no conforto
de seu endereço!

Confissões de Adolescentes

O que você achou da visita do Papa ao Brasil?

  • O que você achou da visita do Papa ao Brasil?

    “Eu peço a vocês que sejam revolucionários, que vão contra a corrente; sim, nisto peço que se rebelem; que se rebelem contra essa cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar de verdade. Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham coragem de ‘ir contra a corrente’. Tenham coragem de ser felizes!”. 

    Essas palavras foram proferidas pelo Papa Francisco no final do mês de julho, durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio. Carismático e atencioso, Papa Francisco deixou sua marca maior no país que é o amor. Mas e os adolescentes? O que eles acharam da vinda do Papa ao Brasil?

    “O evento foi um sucesso e foi pacífico, uma festa memorável. Precisávamos do Papa no nosso país pois os fieis estavam sem rumo. O objetivo da Jornada era levar o incentivo aos jovens em evangelizar, tornarem-se discípulos de Cristo e ficou claro que todos entenderam a mensagem”, fala Paloma, de 16 anos (nome fictício).

    “Ele chegou num momento propício pois nosso país está em crise: falta moral, ética, respeito, honestidade, amor, solidariedade. A vinda do Papa Francisco fez crescer ainda mais a fé dos cristãos e tocar o coração dos incrédulos!”, fala Hélio, de 17 anos (nome fictício).

    “Acho que foi importante por causa da crescente perda de fieis católicos. Mas no geral gostei do que vi. Ele pregou o amor, pregou a paz e é disso que nosso país está precisando!” , diz Márcio, de 16 anos (nome fictício).

    “A igreja católica estava precisando de uma figura carismática para ganhar um pouco mais de influência, afinal tem sido escândalo atrás de escândalo”, comenta Pedro, de 16 anos (nome fictício).

    “Acredito que foi uma missão bem sucedida. Esse Papa é bem mais humilde e fala bem a língua dos jovens. Creio que as sementes foram lançadas e os frutos serão colhidos em breve!”, opina Maria, de 16 anos (nome fictício).

    “Vibrei com a vinda do Papa ao Brasil. Ele trouxe mais esperança às pessoas, mais compreensão. Deu para sentir que o Papa é um homem puro, espontâneo e sincero. Acredito que ele conseguiu tocar o coração de muitos jovens que estavam afastados da igreja, não importando se é a católica, a evangélica ou a presbiteriana”, observou Fernando, de 16 anos (nome fictício).

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.