Última Edição
Jul / Ago 2019
Jul / Ago 2019

Assinatura Online

Recebe a última edição da
Foco Magazine no conforto
de seu endereço!

Confissões de Adolescentes

Gostaria de conhecer alguém assim...

  • Conhecer bem seu futuro(a) namorado(a) é muito importante para manter um relacionamento sadio e harmonioso. Quais qualidades você gostaria que seu futuro(a) namorado(a) tivesse? E como ninguém é perfeito, que defeitos realmente não suportaria nesta pessoa? O que é mais importante para você no caráter de seu futuro(a) namorado(a)?

    “Gostaria que ele fosse um rapaz temente a Deus, inteligente, dedicado, educado, carinhoso e fiel a mim. Acho que não suportaria a mentira, se ele fosse mentiroso, juro que não daríamos certo. Pra mim o mais importante é a cumplicidade, a verdade na relação, caso contrário, fica difícil de engatar”, diz Luiza, de 16 anos (nome fictício).

    “Se tivesse um namorado gostaria que ele me respeitasse acima de tudo, que fosse romântico, que me bajulasse e adorasse falar da nossa relação, pois acho o diálogo muito importante. Não gostaria que fosse pão duro e para mim o essencial em uma vida a dois é a confiança um no outro”, comenta Natália, de 15 anos (nome fictício)

    “Desejaria uma namorada que fosse educada com meus amigos, sensível, porque acho que toda mulher tem que ser alegre, divertida, fiel e companheira. Não poderia aceitar uma garota que fala alto e que seja fofoqueira. Detesto menina assim. Um relacionamento só dá certo se ambos tiverem muito amor um com o outro, não sendo assim, acaba logo”, opina Tales, de 16 anos (nome fictício)

    “Estou em busca de um namorado sincero, alto astral, inteligente e que goste de animais. Acredito que não toleraria alguém que não gostasse de animais, pois eu adoro de paixão. Penso que o amor é a base de tudo, se houver amor haverá o respeito, o carinho, a compreensão e o companheirismo”, diz Patrícia, de 16 anos (nome fictício)

    “Queria que ela tivesse virtudes que faltam em mim, pois assim um completaria o outro. A única coisa que não aceito é a traição, o mais importante no caráter da pessoa é ser sincero e honesto, o resto a gente vai mudando com o tempo”, fala Claudio, de 16 anos (nome fictício).

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.